segunda-feira, 22 de abril de 2013

A IMPORTÂNCIA DA INFORMÁTICA EM NOSSAS VIDAS





Percebo, que a cada dia, as pessoas da terceira idade, estão mais preocupadas em fazer um curso de informática. Há a necessidade de se aprender sobre os processadores de texto, os e-mails, as redes sociais e os outros aplicativos, tão comuns para a atual juventude. Mas tão estranhos, para uma geração que nem por sonho, imaginava que teriam algum envolvimento com essa tecnologia, ainda em vida. Isso me fez pensar muitas vezes: Haveria um abismo, entre a capacidade de aprendizado e percepção de um jovem e a mesma capacidade de aprendizado e percepção de uma pessoa com mais de 70 anos? Na verdade, não há abismo algum. Na prática, o que presencio, é que o aprendizado da informática se torna lerdo para as pessoas da terceira idade. Mas isso não tem nada a ver com a mensuração de capacidade de aprendizado e percepção. O que acontece, na maioria das vezes, é que algumas pessoas da terceira idade, inventam uma barreira invisível, bitolando-as, diminuindo a sua própria determinação em aprender. É questão de priorização! Eu conheço muitas pessoas de mais de 70 anos, que manuseiam o computador da mesma forma que a maioria dos jovens. Eles têm Facebook, conta de e-mail, blogs e estão constantemente, interagindo com outras pessoas on line.
Dia após dia, a informática vem inculcando cada vez mais relevância na vida das pessoas e também nas empresas. A sua utilização já é vista como instrumento de aprendizagem. Sua ação no meio social, vem aumentando de forma rápida entre as pessoas. Cresce constantemente no Brasil, o número de famílias, que possuem em suas residências um computador. Esta máquina está auxiliando pais e filhos, mostrando-lhes um novo jeito de aprender e ver o mundo. Os computadores, bem como os atuais smartphones, colocam o mundo ao alcance do usuário em segundos.
Quando se aprende a lidar com o computador, novos horizontes se abrem na vida das pessoas. Elas são orientadas, a estarem com a mente em constante atividade.
O fruto maior da informática em nossa sociedade, é o de manter as pessoas devidamente informadas, através de uma melhor interação, possibilitando assim, que elas decidam pelos seus rumos e os de nossa civilização.
Atualmente, existe informática em quase tudo que fazemos e em quase todos os produtos que consumimos. É muito difícil pensarmos em mudanças, em transformações, inovações, sem que, em alguma parte do processo, a informática não esteja envolvida.
Então podemos afirmar com convicção, que a informática faz parte das nossas vidas nos dias atuais. Não conseguimos mais viver alheios aos constantes avanços dos meios de comunicação. Ela está presente em todos os cantos ao nosso redor. Está no telefone celular, nos caixas de autoatendimento bancário e na interatividade na televisão.
Segundo levantamento da Fundação Getúlio Vargas, que retrata em detalhes o mercado brasileiro de tecnologia da informação, o número de computadores em uso no final de 2013 no Brasil (doméstico e corporativo) será de mais de 118 milhões de máquinas. A previsão é que em 2014, tenhamos cerca de 140 milhões de computadores. E em 2016, um computador por habitante no Brasil, cerca de 200 milhões. O percentual de computadores por habitante no Brasil (cerca de 60%), coloca o país acima da média mundial (42%). Nos Estados Unidos, o percentual é de 120% da população. Não há mais como viver, sem aprendermos como lidar com isso. Não importa nossa idade.
Com o estudo de informática, temos facilidade para entrar no mercado de trabalho. Hoje quem não tem informática, não consegue, com facilidade, um trabalho à sua altura. Por isso é bom que estudemos computação.
Mesmo que queiramos apenas nos atualizar, o investimento num curso de informática é um investimento na própria pessoa. Tudo o que entra na mente, dificilmente sairá, se for bem assimilado. Portanto, fazer um curso de informática traz muitos benefícios, ajuda a exercitar o cérebro, tornando a mente mais criativa.


Nenhum comentário:

Postar um comentário